.:The worst kind of thief:.
Este blog agora é atualizado no endereço www.tarrask.com/blog

Vá para a faculdade, se forme e passe num concurso

Este artigo foi publicado no jornal Contraponto, de João Pessoa, há quase um mês, mas eu parei de postar aqui, simplesmente por falta de organização. Por isso, vou postar os atrasados em série, esta semana.

*********************

Você sabe quanto Mario Testino cobra para tirar uma foto? O mais provável é que a maioria dos leitores nem saiba quem é Mario Testino (além do óbvio, que é um fotógrafo, e deve cobrar uma fortuna, senão eu não estaria perguntando).

A grande questão em diversas profissões é que não há produto material, licensa, currículo ou diploma que sirva para medir ou nivelar. Por exemplo, nada no mundo garante que o próximo projeto do Jonathan Ive seja algo fantástico. Ele já fez o iMac, o iPod, o iPhone, aquele mouse transparente sem fio e uma infinidade de coisas fantásticas, mas o seu currículo não serve muito. Onde estudou? O que aprendeu? Não há um “curso superior” que forme alguém igual a ele, pelo simples fato que, em alguns ofícios, é obrigatório que você não faça o que já foi feito. Logo, não há receita.

A diferença entre uma receita do Ferran Adrià feita por ele e feita por um outro cozinheiro que entenda tanto de comida é mínima. A diferença entre uma trilha sonora do John Williams e uma do Ennio Morricone é brutal. Mas ambos tinham formação em música e faziam exatamente a mesma coisa. Ou seja, pode ser que você não esteja treinado para ver (como as receitas do Adrià), pode ser que a diferença seja óbvia (como as trilhas), mas há sim uma influência absurda dos conhecimentos e experiências prévias do profissional que está realizando este trabalho criativo.

Não há fórmula para criar um “procedimento criativo”. A receita para escrever livros, pintar quadros inovadores ou fazer um anúncio que todo mundo saiba cantar o jingle. No máximo, pode-se arriscar que um determinado fulano é capaz de fazer, por experiência prévia. Eugênio Mohallem disse que “Antigamente publicitário era quem largava a faculdade de jornalismo, administração, letras, etc. Hoje, publicitário é quem larga a faculdade de propaganda.”

Entrar na faculdade para aprender, procurar um livro com as soluções ou jogar no Google “como ser publicitário”, “como fazer anúncio” ou “como fazer a minha marca vender mais”, não vai funcionar. O que funciona é refletir cada caso, contrastar com alguma experiência prévia ou com um senso comum fora de série, e a cada dia, fazer um trabalho diferente. É arriscado escolher uma profissão na qual você nunca vai terminar de aprender, nunca vai ser especialista, e que sempre alguém vai dizer que você não é bom. Mas ainda é melhor que fazer a mesma coisa todos os dias.

Como começar em uma carreira criativa, seja fotografia, publicidade ou ser uma estrela da internet: existem mil maneiras. Invente a sua, porque se você não for capaz, é porque está no negócio errado mesmo. E, se você for contratar um criativo, saiba que ele nunca pode estar 100% seguro do que está fazendo, porque ele estará resolvendo o seu problema pela primeira vez, e se ele achar não há nenhum risco de tudo dar errado, é porque ele está apenas copiando alguém.

Anúncios

2 Respostas to “Vá para a faculdade, se forme e passe num concurso”

  1. Cara, esse teu texto tá genial. Às vezes imagino que só eu passo por determinadas situações, que com outros publicitários é diferente… é importante perceber que a incerteza do processo criativo pode acontecer com qualquer um. Do Marcello Serpa ao operador de photoshop do bairro.
    Mandei esse teu texto para alguns amigos publicitários, linkando para cá. Também tô estragando um blog pequeno 🙂

    Abraços.

  2. estraga não. eu duvido muito que com a minha boca suja eu consiga ficar famoso, anyways… 😀

    abraços, cara.


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: