.:The worst kind of thief:.
Este blog agora é atualizado no endereço www.tarrask.com/blog

Como seria se uma agência de propaganda trabalhasse como o google?

Eu chapei neste post do Adseok, sobre as ferramentas de uso interno do pessoal do Google, e então comecei a pensar como seria isso numa agência de propaganda. Tá, já tô escutando a voz de algumas pessoas dizendo: “não dá, na minha agência tem gente que tem preguiça de ver o email”, ou “lá vem o chato querendo controlar”, ou “não, tenho preguiça”. Deixa eu sonhar em trabalhar com gente parecida comigo, que gosta de encontrar novas maneiras de fazer as coisas, ok?

O Google tem, internamente, uma série de aplicações para conectar melhor suas pessoas e facilitar a interação. Elas são todas baseadas em web, e a dificuldade de aplicar uma ou outra muda, mas algumas delas são inclusive bastante simples de serem feitas e programadas, creio eu. O que aconteceria numa agência se o dono pirasse o cabeção e resolvesse implementar essas coisas:

  • O Moma é como a página inicial da aplicação. Para todos os funcionários. Ali, você veria um feed com as novidades da agência chamado Rádio-Corredor (gente nova, gente velha que sai, projetos novos, ganho de concorrências). Veria o seu mail aberto. Veria como está a sua pauta (como um Remember the Milk, coletivo), que pode ser alterada pelos seu co-parceiros, chefes ou qualquer outra coisa (do tipo, alguém quer falar com você, então joga isso lá). E, lógico, bem grande, os seus projetos diretos. Também dá pra colocar coisas que estão acontecendo na agência (o menu do dia do restaurante da esquina, gente que vai fazer excursão pra não sei onde, um feed rss do que a galera leu de interessante ontem e acha legal compartilhar, quem vai escrever o post do dia do blog da agência), etc.
  •  O Google Projects, que é como a sua ficha. Obrigatório você ter um, não? Conta o que você é na agência, quem é você na noite e o que você faz da vida. Se você desenha, ilustra, etc etc etc (creia, a gente não sabe os talentos de todo mundo que trabalha na mesma empresa via rádio corredor, e você não perde nada em divulgar seus talentos). O que você está fazendo, o que você já fez e o que você quer fazer (é, chefes precisam controlar o que você faz. e você só tem a ganhar com isso. Imagina você poder dizer quer tem 17 folhetos para fazer hoje, e mostrar pra ele?)
  • Google Ideas. Coisas que podem virar projetos. você tá com a idéia de fazer uma proposta pro cliente tal? Um fantasma? tem uma idéia e precisa de parceiros? Deixa lá, as pessoas votam (digg-like) e as idéias vão subindo ou descendo. Críticas, comentários, forums. Um brainstorm digital a fogo lento, para projetos a largo prazo, sem urgência.
  • Google Expert Search. Você busca ajuda em especialistas. Numa empresa gigante, é fácil ver a necessidade disso. Numa pequena, a gente tende a manter isso reduzido a mails (ex.: Zé, pra fazer isso, você acha melhor uma página programada html+css, ou um programa?). Só que, se esse email for público e organizado, vira um FAQ. E você nunca mais vai precisar explicar praquela atendimenta a diferença entre CMYK e RGB. Manda direto pro link.
  • Um Google Docs avançado. Gente editando os mesmos trabalhos, num estilo wiki da coisa. E assim vamos avançando.

O que dá pra mudar disso? O que dá pra implementar? E numa rede de profissionais freelance de comunicação? Imagina, sou redator, preciso de um fotógrafo, uso a rede organizada para encontrar um, e mando pra outro que eu conheço para finalizar. A rede como agência? Estou viajando?

este é um post-wiki pensando na agência perfeita. não creio que exista, mas se você conhece uma, me avise. eu cobro pouco para ir praí. 😀

Anúncios

7 Respostas to “Como seria se uma agência de propaganda trabalhasse como o google?”

  1. Também “chapei” nesse texto do Google. Acho que não são aplicações difíceis de serem feitas e programadas, bastaria um pouquinho de boa vontade (creio eu) do “pessoal de informática”.
    Vou encaminhar esse post aqui pra agência, pra ver se alguém toma a iniciativa de fazer algo parecido. Nem que seja um mural de avisos!
    Caso adotem essas aplicações te chamo pra trabalhar aqui haha

    Abraços.

  2. Agora no almoço, estava reelaborando a idéia, e vou transformar isso num projeto mais detalhado. Nem acho que seja uma questão do pessoal da informática, porque, ao fim e ao cabo, isso não deixa de ser uma web, uma rede social e uma estrutura de comunicação. Logo, deveria ser um projeto dentro da agência.

    O espeto de ferro da casa do ferreiro. 😀

  3. este post e o em espanhol já foram spamzados para os e-mails aqui da agência.

    poderia ser uma extensão do ‘publi’, pra instalar no FF. Já melhoraria mt coisa, acho.

  4. uma mistura de publi, google docs e extensao do firefox?

    ou somente uma planilha, que os chefes editam?
    mas e a parte social da coisa?
    de voce colocar ali, disponível, o que você tá fazendo?
    acho que as pessoas continuam se relacionando pouco dentro das agências. há uma metodologia para compartilhar links e coisas interessantes? tipo, todo mundo no del.icio.us, agora, 1,2,3, já???

    não sei. mas seria legal se as pessoas que eu discuto no dia a dia as referências bacanas fossem as mesmas que trabalhassem comigo, e não as do twitter. 😀

  5. rs, temos que criar um social software para a propaganda!

  6. eu toparia trabalhar tentando desenvolver um programa assim. só falta uma agência-vítima. 😀

  7. Muito bom cara! A ideia é fascinante, e sua aplicabilidade na minha opinião é viável sim.


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: