.:The worst kind of thief:.
Este blog agora é atualizado no endereço www.tarrask.com/blog

A arte da guerra de Sun Tzu, este livro tão ignorado por administradores

Parece piada, mas é verdade. Os mega-executivos das grandes corporações de conteúdo (leia-se filmes e música) são contra a pirataria, ignoram como funcionam a cabeça do consumidor e o mercado. Fingem que não vêem. É a impressão que a gente tem todos os dias, né?

Tanto que o Felipe Senise chegou a jogar este post, lá no estalo.org, falando da mudança de maneira de encarar a pirataria na Disney.

“We understand now that piracy is a business model. It exists to serve a need in the market for consumers who want TV content on demand. Pirates compete the same way we do – through quality, price and availability. We we don’t like the model but we realise it’s competitive enough to make it a major competitor going forward.” Our strategy is be primarily about content because it drives everything else.”

O Sun Tzu está citado abaixo, e este é o texto que está na contracapa de todas as edições. E TODO executivo já leu isso, pelo amor do queijo mexido pelo pai pobre!

“One who knows the enemy and knows himself will not be in danger in a hundred battles.

One who does not know the enemy but knows himself will sometimes win, sometimes lose.

One who does not know the enemy and does not know himself will be in danger in every battle”

Anúncios

Nenhuma resposta to “A arte da guerra de Sun Tzu, este livro tão ignorado por administradores”

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: